Sábado
25 de Junho de 2022 - 
ADVOCACIA HOLISTICA - DIREITO HOLISTICO
CONFIANÇA E CREDIBILIDADE FAZ A DIFERENÇA
ADVOCACIA PREVIDENCIÁRIA - TRABALHISTA - CÍVEL - SERVIDOR PUBLICO
APOSENTADORIAS - REVISÕES - PENSÕES

CONTROLE DE PROCESSOS

Caro Cliente, cadastre seu e-mail, e acompanhe seu processo. DJALMA LEANDRO

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

NOTICIAS

Newsletter

Favor cadastrar-se informando seu e-mail, para contatos, sugestões e criticas.

COTAÇÃO DA BOLSA DE VALORES

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
Espanha 0% . . . .
França 0,43% . . . .
Japão 1,86% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .

COTAÇÃO MONETÁRIA

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,23 5,23
EURO 5,51 5,52
IENE 0,04 0,04
LIBRA ES ... 6,42 6,42
PESO (CHI) 0,01 0,01
PESO (COL) 0,00 0,00
PESO (URU) 0,13 0,13
SOL NOVO 1,38 1,39

ENDEREÇOS

DJALMA LEANDRO SOCIEDADE ADVOCACIA

RUA FREDERICO SIMÕES 85 EDF. SIMONSEN SALA 509
CAMINHO DAS ARVORES
CEP: 41820-774
SALVADOR / BA
+55 (71) 32432992

RIO DE JANEIRO/RJ

Rua Silva Cardoso 521 Torre A sala 521
Bangu
CEP: 21810-031
Rio de Janeiro / RJ

STJ recebe alunos de direito para trocar experiências sobre cidadania

​O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, recebeu, nesta terça-feira (17), alunos do curso de direito do Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa (IDP), que foram conhecer o tribunal por meio do projeto Saber Universitário da Justiça, desenvolvido pela Coordenadoria de Memória e Cultura do tribunal.Durante o encontro, o ministro destacou que os estudantes são a esperança do país para um futuro próspero e o sucesso profissional de cada um deles só depende do esforço e do foco nos estudos."É uma alegria recebê-los e espero que tenham gostado de conhecer o STJ. Vocês são a esperança do Brasil", comentou o ministro ao explicar a missão constitucional da corte aos alunos do terceiro período do curso de direito do IDP.​​​​​​​​​Presidente do STJ recebeu alunos do IDP e deu detalhes sobre o funcionamento da corte superior.​ | Foto: Emerson Leal.Humberto Martins disse que, independentemente do ramo do direito escolhido no futuro pelos alunos, é importante amar essa escolha, ter fé e esperança, e não esquecer que também é preciso ter humildade em todos os momentos da carreira.Ao comentar sobre o funcionamento do Tribunal da Cidadania, o presidente do STJ destacou o enorme volume de trabalho e a estrutura necessária para dar vazão aos processos que chegam diariamente."Temos uma das melhores áreas de TI do Brasil e contamos com inteligência artificial para julgar em média 1.200 processos por dia na Presidência, fora os cerca de 350 mil por ano que distribuímos aos ministros", explicou.De portas abertas para a sociedadeOs alunos foram acompanhados na visita pelo professor do IDP Guilherme Leite. Ele agradeceu a atenção do tribunal e a gentileza do próprio presidente em abrir espaço na agenda para conversar com os alunos e trocar experiências sobre a carreira. "O STJ está de parabéns pela iniciativa e por abrir as suas portas", comentou.As visitas fazem parte do projeto Saber Universitário da Justiça, iniciativa da Secretaria de Documentação do STJ promovida por meio da Coordenadoria de Memória e Cultura. Com o relaxamento das medidas mais restritivas de combate à pandemia, as visitas presenciais dos estudantes voltaram a ser realizadas no tribunal, todas as semanas.Além de serem recebidos pelo presidente do STJ, os alunos acompanharam uma parte da sessão de julgamentos da Quinta Turma e visitaram persos espaços do tribunal. Para a estudante Sthefany Viana, mesmo com a alta expectativa de todos os colegas, a visita surpreendeu."Nós ficamos surpresos pela beleza e a grandeza do tribunal", comentou a estudante após visitar os persos espaços de julgamento e as áreas técnicas do STJ.A visita marcou as comemorações do Dia do Estudante de Direito, celebrado em 19 de maio. Essa data foi escolhida em homenagem ao dia de Santo Ivo (Yves Hélory de Kermartin), tido como padroeiro dos advogados e patrono de todos os estudantes de direito e de profissionais que se relacionam com a Justiça.Há 20 anos, a Coordenadoria de Memória e Cultura se dedica a projetos socioeducativos, levando educação e cidadania ao jurisdicionado. Ações como o Museu-Escola, o Despertar Vocacional Jurídico, o Saber Universitário da Justiça e o Sociedade para Todas as Idades já atingiram um público de mais de 200 mil pessoas.
17/05/2022 (00:00)
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
VISITAS NO SITE:  8443073